Delicadeza do véu

 

O uso do véu da noiva era um costume da antiga Grécia e que foi criado para proteger a noiva de mau olhado e também de outros possíveis admiradores. No Cristianismo o véu aparece em todas as representações de Maria, Mãe de Jesus Cristo e por isso, o uso da peça na igreja era comum antes da década de 1960. O véu da noiva também está ligado a mitologia, pois Ishtar – a antiga Deusa do Amor – surgiu das profundezas e os vapores da terra e do mar cobriram-na “como um véu “.

O interessante dessa peça tão misteriosa é que  ao mesmo tempo que esconde, destaca a beleza da noiva. Existem diversos materiais, estilos, aplicações e texturas que podem ser utilizadas na confecção do véu. Entretanto, o ideal é que ele esteja em harmonia com o vestido da noiva e o bouquet.

01

02

03

04

Não é toda noiva que gosta de usar véu e quando usa, normalmente já entra na cerimônia com o rosto descoberto e o véu preso para trás. A peça usada totalmente aberta, tampando o rosto da noiva resgata um época deixada para trás e que, como toda tendência de moda, sempre aparece novamente! Já pensou em como vai entrar na cerimônia? Com ou sem véu?

Fonte: Casamento e Cia

Imagens: Alexandre + Cristina Lima Fotografia

Véu, acessório de cabeça e maxi flor: Berta Bismarker

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Delicadeza do véu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s